terça-feira, junho 29, 2004

15- Em ano de eleições (não nos podemos esquecer que ainda há regionais em Outubro), a actual situação só vem prejudicar o PSD nos dois arquipélagos. Se na Madeira a coisa não deve dar para aquecer lá muito (infelizmente o PS caracteriza-se por ser um saco de gatos – Vicente Jorge Silva dixit), nos Açores o caso muda de figura. A coligação pré-eleitoral sofre um duro revés de consequências imprevisíveis. Ainda por cima Vítor Cruz, o líder do PSD local, é um político que prima por uma excessiva colagem ao poder central o que no actual estado de coisas não deve trazer lá grandes dividendos. E mais uma vez neste arquipélago se vai provar que concorrer coligado com o PP subtrai votos.