quarta-feira, julho 07, 2004

Anúncios

O Dr. Louçã foi ao Presidente da República dizer que o Bloco, essa coisa indefinível, está preparado para garantir a estabilidade política caso o PS não tenha maioria relativa nas próximas eleições. O Dr. Louçã apresenta estas conclusões porque parte de pressupostos perigosos que só devem ter sido possíveis de abordar porque o Dr. Sampaio também foi um perigoso radical esquerdista na sua juventude e porque a conversa deve ter para aí descambado. Ninguém, pelos vistos, estranhou a conversa, já de si esquiva e enigmática. Eu pensei que o Dr. Sampaio quisesse ouvir a opinião dos partidos sobre a actual crise. Mas não. O Dr. Louçã foi a Belém anunciar já um novo projecto de Governo. Como se as coisas fossem um dado adquirido.

2 Comments:

Blogger nuno said...

Não consta que alguma vez Jorge Sampaio tenha sido um perigoso esquerdista. Já o mesmo não se pode dizer de alguns líderes da nossa direita.

6:09 da tarde  
Blogger Bruno Macedo said...

Sampaio foi de facto um perigoso esquerdista. Basta analisar o seu percurso político. Sampaio é produto da célebre geração de 62. Entre outras coisas militou e ajudou a fundar o Movimento de Acção Revolucionária, o MES, o CED e posteriormente o GIS, mais conhecido por Grupo de Intervenção Socialista. Para além de tudo isto integrou o IV Governo de Vasco Gonçalves (esse grande democrata) e criou a originalidade das coligações com o PC ao abrir-lhes a porta do poder quando foi Presidente da Câmara de Lisboa. Não se pode ainda esquecer que entrou no PS contra Soares representando durante algum tempo parte da esquerda radical do PS.
Apesar de o homem ser hoje Presidente da República, é bom que não se tente escamotear ou branquear todo um percurso político que muitas vezes foi feito de acordo com o mais radical extremismo político. E isto também ajuda a entender a razão principal porque Sampaio se prepara para fazer um frete ao Dr. Louçã.

11:08 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home