quarta-feira, agosto 18, 2004

Justiça portuguesa

O actual estado da justiça portuguesa fez-me lembrar uma coisa que há dias um amigo meu me havia confidenciado. Dizia-me ele, e através de fonte bem colocada na magistratura ou nessa coisa da Justiça, que a justiça em Portugal serve essencialmente para três coisas: 1º- Proteger “os amigos”; 2º- Atacar “os inimigos”; 3º- Aplicá-la aos indiferentes. Nem mais.

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read » » »

2:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home