quarta-feira, agosto 18, 2004

O paraíso cubano

O Presidente da Câmara Ibero-Americana de Comércio, Armando Lago, prepara-se para lançar um livro com um nome sugestivo: Livro Negro da Revolução Cubana. Alguns números interessantes:
Número de Fuzilados – 5621
Presos políticos mortos em cativeiro por maus-tratos – 1163
Soldados cubanos mortos em missões no exterior: 14160
Número de mortos e desaparecidos em tentativas de fuga da ilha: 77824

Elucidativo.

4 Comments:

Blogger global said...

ja que comecaste porque nao continuas a contabilizar outros 'numeros' reveladores de outras tantas ditaduras espalhadas pelo mundo. Nao lido muito bem com pensamentos de 2 pesos, 2 medidas...

1:41 da tarde  
Blogger Bruno Macedo said...

Condeno qualquer espécie de ditadura. Para mim não há boas e más ditaduras. Logo, relativamente ao autoritarismo que recuso, como é óbvio, liminarmente não tenho dois pesos e duas medidas. Simplesmente, abomino-o. Referi estes números (que, não nos esqueçamos, representam mortes de seres humanos) porque os achei importantes e porque esta ditadura, em particular, sempre foi olhada e tratada com um carinho especial por muito boa gente. Como se houvesse uma espécie de ditadura(s) boa(s)...

5:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » »

7:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info film editing classes

8:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home