terça-feira, setembro 21, 2004

Delírios

Sabiam que Portugal deve ser o único país desenvolvido (que lindo eufemismo) que tem estádios de futebol (oficialmente reconhecidos como tal) com o nome de pessoas que estão vivas? Não sabiam? Pois é verdade. E como nestas coisas não gostamos de fazer as coisas pelo mais simples temos logo dois exemplos deste espantoso culto da personalidade. O primeiro caso é o estádio do Marco de Canavezes, que se chama Avelino Ferreira Torres, conhecido homem das letras e do teatro de rua; o segundo, é o do Nacional da Madeira, cujo Estádio se chama Eng. Rui Alves, nada mais, nada menos, do que o seu próprio e distinto presidente, conhecido romancista e filósofo.