sexta-feira, outubro 08, 2004

O caso

O governo do Dr. Santana inaugurou a censura política portuguesa do século XXI. Não está mal vindo de quem vem. Não se esperava grande novidade na doutrina. Mas prova uma certeza antiga: a esquerda tinha razão, o Dr. Sampaio não. O homem não está preparado, vive obcecado com a imagem e com aquilo que dele dizem e está rodeado de gente incompetente e incapaz que quer gerir o país como se gere a aldeia ou a oficina. A conjugação de tudo isto dá sempre desastre. Sem remédio, claro.
Mas louve-se a coisa. Louve-se o escândalo, e vejamo-lo pelo seu lado positivo. Tudo isto serve para abrirmos os olhos e focar a atenção no problema principal: a promiscuidade que existe entre poder político e poder económico e os favores que à volta de tudo isto decorrem de regras e princípios que são tudo menos democráticos e transparentes. Pelo meio salientemos ainda a elevada concentração dos media em grandes grupos e o papel do Estado nesta barafunda comunicacional que faz de uma empresa público-privada o maior grupo empresarial do sector e do Sr. Luís Delgado o seu Todo-poderoso. Marcelo foi a vítima deste sistema podre e decadente. Conhecendo as suas inequívocas qualidades, de vítima passará rapidamente a mártir, situação melhor que a anterior. Pior para o governo e excelente para a oposição: será um mártir vivo e um exemplo sempre presente a assombrar a vida do acossado, e incompreendido, Dr. Santana.
Resta-nos desejar que nada fique na mesma, que se abra de vez o debate e que o mesmo não seja, como tantas vezes, em vão.

3 Comments:

Blogger A Vicente said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

8:51 da tarde  
Blogger A Vicente said...

Ocaso: anda o partido numa lufa-lufa para engrossar as suas fileiras de militantes e aparecem uns senhores que deitam tudo a perder. Com tanta malvadez e distracção não há crença, religiosa ou politica, que lhe resista.
E assim começa um homem a achar que, de facto, o bando anda mal acompanhado de gente ruim e sem escrúpulos.

8:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info » »

7:06 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home