quinta-feira, abril 14, 2005

O esquema

O jogador mais polido de Portugal, Petit, veio dizer que os jogadores do Rio Ave tiveram uma motivação extra para ganhar o jogo com o Benfica do passado fim-de-semana. Manifestando evidente mau perder, o jogador mais polido da Europa, Petit, debitou meia dúzia de frases que ousaram deixar dois tipos de suspeição no ar: ou que os jogadores do Rio Ave tinham recebido dinheiro para derrotar o gigante ou que os jogadores do Rio Ave tinham tomado alguma substância proibida que lhes dava uma força paranormal (talvez uma poção do druida gaulês).
As afirmações valem o que valem e Petit, o jogador mais polido do Mundo, já pediu desculpa pela infelicidade, certamente imaginando algum processo sumaríssimo que o suspendesse por 10 minutos, por exemplo. Só que o mundo dá muitas voltas e agora parece que é o Estoril a receber uma motivação extra para facilitar o jogo que tem de jogar contra o Benfica uma vez que o mesmo, ao que consta, vai ser deslocado para esse inenarrável estádio do Algarve – uma das mais engenhosas ideias da personagem focada no post anterior – em vez de ser disputado no estádio da Amoreira, casa oficial do Estoril Praia.
A tramóia está bem montada. Tão bem montada que nem se pode chamar bem de batota. Esquema será talvez a denominação mais correcta.
Estou à espera que Petit, o jogador mais polido do Universo, discorra, obstinadamente, sobre esta motivação extra dada aos jogadores adversários que visa, obviamente, prejudicar o Benfica e beneficiar o Estoril.