sexta-feira, abril 08, 2005

O funeral do Papa e o poder da fé

A questão do Papa... Deixa-me muito triste... Não por ele ter morrido. Foi na sua hora. Mas por constatar que as pessoas perecem só unir-se em torno de coisas fáceis: uma oração, um morto ‘ilustre’, um deus que nunca viram mas que dizem sentir. É este o poder da fé religiosa. Infelizmente no mundo parece só haver esta: uma fé que ou nos imobiliza nas orações ou nos move para as guerras...