sexta-feira, novembro 26, 2004

Muito interessante

A antropologia é uma disciplina muito interessante, especialmente porque proporciona observatórios de estudo interessantes. Na busca do outro, tarefa cuja competência parece ser especialidade de pessoas formadas em universidades ocidentais, podem conceber-se inúmeros objectos de estudos realmente interessantes.
Professor: Então e você, qual é o seu tema?
Aluno A: Eu quero estudar futebol em Moçambique
Professor: Isso é extremamente interessante.
Aluno A: Pois
Professor: O que é a turma acha deste tema tão interessante escolhido pelo colega?
Turma: É muito interessante
Aluno B: É do caraças de interessante
Aluno C: Que inveja, eu que vou estudar a cultura da beterraba entre pescadoras lésbicas de uma ilha do pacífico nunca teria pensado num tema tão interessante como o futebol em Moçambique
Aluno D: Tu vais estudar a cultura da beterraba entre pescadoras lésbicas de uma ilha do pacífico? Isso é brutalmente interessante. Se quiseres dou-te o e-mail de um amigo meu que fez um mestrado sobre a cultura da couve roxa entre pescadores bissexuais que viviam de cócoras dentro de um vulcão de uma ilha do pacífico.
Aluno E: Quem é que se lembraria de uma coisa dessas? Estou-me a sentir algo parvo, porque o meu tema é apenas a intertextualidade, dança contemporânea e Lacan: valores pós-materiais na China Imperial vistos através do olhar crítico de quatro gerações de mulheres gordas no Irão, nos três dias seguintes à queda do Xá.
Professor: ...nos três dias seguintes à queda do Xá. Isso é ... foda-se, cum caralho, isso é mesmo interessante, é que não que não é só interessante é, no mínimo, muito interessante, talvez algures entre o interessante e o muito interessante mas eu diria que mais próximo do muito interessante, está ali quase, o muito interessante está à vista.