segunda-feira, novembro 15, 2004

Nick, o mestre

Nestes tempos em que quem paga bilhete para ver um concerto sujeita-se a um desfilar desinspirado de canções tiradas a papel químico do discos do cantor ou da banda, Nick Cave é uma benção. Nada do repertório estereotipado das estrelas do espectáculo, nada das frases formatadas, nada de poses mal ensaiadas, ou tiques de vedeta, apenas um portento de energia criativa que faz parecer qualquer banda de neo-punk como um grupo de baile para o serão familiar. Nick Cave, o extraordinário naipe de músicos que compõe os Bad Seeds, e o coro que acompanha o espectáculo, valem todo o dinheiro gasto no bilhete e ainda mais algum.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work computerized home appliances 1973 oldsmobile 455 specs lipitor cheap teeth whitening the best tested

4:29 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! »

10:17 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home